domingo, 26 de junho de 2011

100 anos da Assembléia de Deus no Brasil

Biblicamente não creio nem estou convencido que o culto cristão genuíno seja pentecostal. Se os 100 anos da Igreja Assembléia de Deus (AD) devem ser parabenizados, certamente tal denominação deverá ser parabenizada por seus feitos sociais polinizadores e ações sociais em geral, mas a bandeira do pentecostalismo em seu cerne é uma coletânea de erros doutrinários. A começar pela ênfase em supostos dons espiritual fundamentados em experiências. Sem falar do legalismo de uso e costumes. Tais coisas estranhas não honram o equilíbrio da sã doutrina.

Apesar de algumas mudanças positivas hoje, como por exemplo, uma maior preocupação da linha editorial de sua casa publicadora, as Assembléias de Deus, na prática, ainda são inventoras ativas de novas tradições humanas, em nome de uma “espiritualidade” e “unção”, e todo movimento contrário é taxado de frio e não-espiritual.

Muitas dessas igrejas não sobrevivem sem aquecer a lareira das pregações e cânticos triunfalistas. Nos cultos, há muito holofote para cantores, teatros, corais, testemunhos pessoais, profecias particulares e honras floridas às personalidades e autoridades presentes. Ou seja, princípio regulador de culto é algo desprezado e desconhecido.

A produção musical é pobre de doutrina apostólica e demasiadamente antropocêntrica. E muitos chamam tais movimentos de avivamentos e bênçãos. Pastores “intocáveis e ungidos” determinam o que é verdade e se blindam num tipo de imunidade em nome de Deus.

É certo que muitos irmãos dentro da AD estão inconformados com certos moveres anti-bíblicos, e estes merecem honra pelo esforço e batalha. Tais irmãos, que ao serem zelosos em erguer a bandeira da herança reformada, são perseguidos e classificados de hereges pelas lideranças da denominação, continuam inconformistas e realmente estão plantando uma semente de um novo mover de Deus genuíno.

15 comentários:

Nuno Pinheiro disse...

Óptimo texto e suscinto! Bravo!

o tempo e a igreja "reflexões Reformadas" disse...

Vivi nesse meio por mais de dez anos, se fosse para resumir os cem anos da Assembléia de Deus. Tudo se resumi em uma palavra;

NADA!

Isso mesmo,cem anos de nada. São um século de invenções e maluquices,usando o nome que é acima de todo o nome.

Parabéns pelo blog, paz e graça!

Anónimo disse...

Sou pastor presbiteriano. Reformado. Convencido da sã doutrina e do erro doutrinário que há em certas denominações ora citadas. Claro que admito erros doutrinários e muitas vezes ensino, em aula de doutrina a são doutrina. Mas 100 anos, à vista de Gamaliel, creio que seriam vistos com olhos diferentes dos nossos, quase que beirando apoio. Aqui tem um posto que diz ter passado anos no vazio... se os anos no vazio foram vividos, agradeça a Deus e não cuspa no prato, pois mais insensato serei eu por passar anos em um lugar tendo a Bíblia na mão do que condenar 100 anos de história. Tem gente que teremos que engolir no céu, e que estão e estarão a vida toda na AD, inclusive falando as suspostas línguas... porque, como você que não lia a Bíblia ou que não tinha o ES, porque quem convence do pecado é ELE... então tem gente honesta, crente e fiel a Deus ali... bem...um pouco sobre doutrina... todos compareceremos ao tribunal, prestaremos contas de tudo o que fizemos e pregamos. Tem muita gente que veio a Cristo por esta pregação em ruas, praças, bairro miseráveis... que infelizmente, eu não faço, você não faz... então, embora seja uma doutrina estranha no meio de tanta Palavra que muitas vezes é lida... diria... se são de Deus...deixa eles... que ficarão... se não, eles mesmos fecharão pela GRAÇA de Deus. Gamaliel disse isso quando do novo CAMINHO. Padre Antonio Vieira, ao medo do reformismo chegado à terra brasilis, disse que os hereges calvinistas deveriam ser combatidos... e olha... somamos 152 anos... se não, quase 500 anos... pensando nos huguenotes que aqui aportaram. Então, preguemos a são doutrina. Oremos para surjem em nosso meio gente como eles, que nã dependem de status de doutros e etc para levar a boa nova. Tiremos as traves de nossos olhos para ver no iremos terminar... pois podemos ter a melhor doutrina e sistema de governo, mas estamos sofrendo... e pense bem no porque... depois, se quiser, tire suas conclusões... há muitos da AD que migraram para a reforma... ore por eles, mas não faça de você um ente melhor que eles... fale sim dos TJs, dos Mormons, e de outra seitas... isso sim deve sr ensinado... ensine a Verdade... e se porventura encontrar um irmãozinho do sítio, que é da AD, dê-lhe a paz do Senhor e se Deus abrir a porta, não arrote teologia, mas diga a Ele que Deus o ama, e que Jesus, só Jesus morreu por ele. E que você pode orientá-lo, com amor, naquilo que a Palavra diz... de resto... ore por nós, pecadores, pois no abrir de nossa boca, devemos falar tão somente do Cristo que vive. Abraços, de uma pessoa que não é pentecostal não é da AD, não é senão um pecador que foi atingido pela Graça. Carlos

Nágila Souza disse...

A gente fala do que conhece, eu sou da Assembléia de Deus e até hoje onde congrego não refutamos o ensinamento da biblia e desde o ministério todos buscam analisar o que nos é servido em todos os cultos, vidas tem sido Salvas através deste ministério, é claro que a placa não salva ninguem, mas tudo que eu faço é com respaldo biblico, admiro o anônimo que soube separar bem as coisas aqui, devemos vigiar para que quando Jesus voltar irmos junto com Ele, cada um dará conta de si próprio a biblia é a única regra de fé a ser seguida, as demais é invencionice.
Graça e Paz

Madson disse...

Ao reverendo aí de cima (anonimo). saiba que o Manual com jurisprudência da IPB diz. na nota de rodapé comentando sobre os pentecostais e chamam de Seitas. e qual o problema com tal afirmação. será que o tempo ou a quantidade de membros do movimento pentecostal tiraria a sua identidade doutrinária herética. e não cuspir no prato que comeu é o pior argumento que vejo pois, eu cuspo na minha vida antes da conversão. parabéns pelo post e pelas verdades expressas. e vergonha para esse pastor que não conhece a fé reformada

Glivson Gomes disse...

È isso mesmo, o tempo que passar dentro desta seita não vai lhe servi em nada . Pois se a palavra de Deus nos diz que não existe mais profetas, Mateus 11.13 e dentro dela continua , se línguas (idioma) dizem que linguas estranhas ou dos anjos , se existe apóstolo e Paulo fala em coríntios 15, que ele foi o último apóstolo fora de tempo. Essa seita da mais pra ser uma casa de atores comediantes do que uma igreja de Deus . Voçês que fazem parte só irão sair dela quando AMAR a DEUS sobre todas as coisas.

donizette.oliver disse...

Eu creio que é preciso conhecer a fundo sobre uma matéria, antes de tecer qualquer comentário. Nasci na Igreja Assembléia de Deus. Hoje congrego numa independente; Muito Cuidado, por que trata-se da Noiva de Cristo.

Anónimo disse...

Onde tem coca-cola e correios tem uma Assembléia de Deus, critiquem, invejem, morram de ciumes pobres tradicionais, o único fruto visto hoje no meio reformado que considero um erro da palavra o certo seria "deformados", o fruto seria o da inveja, pois se os reformados estivessem com a real doutrina teriam impactado o mundo como fez Paulo na Asia, vcs tem que falar dos dons espirituais pois vcs não os tem, por serem figueiras estereis, só tem folhas, e nada de frutos, vão procurar nascer de novo para entender o funcionamento do reino de Deus, vcs são os da letra por isso estão mortos como Sardes estava, e quando se referirem aos pentecostais é melhor lavar a boca pois não estamos ordenando gays a pastores como os reformados Presbiterianos e Luteranos andam fazendo, agora vão meditar numa resposta filosófica pois é apenas isso que vcs tem filosofia e nada mais!

Délio Santos

Jonas disse...

Prezados Irmãos...

Também sou membro de uma AD, e concordo com o Autor do Post... A AD está deixando a Teologia Neopentecostal ivandir seus cultos a passos largos;

- os sadios hinos da harpa Cristã estão ficando de lado, ou sendo cantado por pessoas amargas de cara fechada que a igreja não guenta nem ouvir por politicagem da liderança.

- É campanha de casa, apartamento, libertação financeira e ai vai.

- É captação de oferta para levantar um templo atrás do outro, sempre se medindo por numeros...

- Vigilias e campanhas de santificação pessoal como jejum ou oração, ninguem fala mais.

- As pregações são só com foco no que Jesus pode mudar na vida terrena e não na remissão de pecados e seu sacrificio por nós....

- Os apelos estão cada vez mais forçando a barra... dentro do que Jesus te dá e não no que ele é.

- Os cultos de Vitória são iguais os de denominações Neopentecostais... 10 minutos de pregação 1 hora de louvor, e o resto de testemunhos de coisas ou dinheiro...

- A politica está cada vez mais se misturando nas cadeiras de Presbiteros e Pastores... Toda solenadas se exaulta mais a homens que a Deus...

- Os cultos de domingo parecem mais um clube social para um crente mostrar ao outro seu carro, ou as irmãs desfilarem com o vestido mais bonito. Andando para lá e cá o tempo todo.

- Escola dominical e Discipulado... sem comentários... segue a mesma tendência.


Não estou "cospindo no meu prato" mas estas práticas não estão na biblia que levamos em nossas mãos...A bíblia jamais coloca "eu" na primeira pessoa. Sou do tempo daquelas pessoas pobres que amavam a Jesus com todas as suas forças e mesmo na sua humildade tentavam fazer o melhor; buscando santificação, vivendo em comunidade, amando uns aos outros..

O Senhor tem tocado eu e vários jovens, e estamos dia a dia nos alimentando mais da sã doutrina reformada e temos levado a pastores e líderes a discordância destas práticas não biblicas. Somos perseguidos, tratados como radicais pelos irmãos... mas não vamos nos calar na distorção do evangelho de Cristo.

Que os tradicionais, me perdoem, com muito amor, mas deixaram esta sã doutrina criar pó em suas prateleiras....

Que toda a igreja brasileira possa sofrer um abalo em suas estruturas pelo Santo Deus e voltarmos as escrituras enquanto é tempo....

Que o Senhor Deus tenha misericórdia de nós pecadores!!!

Jorge Luis disse...

Bom dia, quero lhe indicar um blog com documentação de patrologia, em português.

http://patristicabrasil.blogspot.com/

Junto a mesmo tem outros blog que podem interessar.

Deus te abençoe

Dynamus disse...

Cerca de 10 anos atrás fui chamado pelo Senhor Jesus Cristo para ser seu servo, interessante que a igreja que ele me direcionou a cooperar foi a Assembléia de Deus, na época eu me considerava um jovem totalmente perdido e distante de Deus. Acredito que as instituições são falhas, por este fato me apego na palavra de Deus, como Martinho Lutero defendia sua consciência a palavra.


Augustus Nicodemos uma vez disse: Todo crente de joelhos seria um calvinista e em pe um arminiano, que coisa interessante.....

Continuo sendo um membro da AD, sem desprezar o que esta família me fez e estudo na Mackenzie com muita honra e tenho um carinho enorme pelos irmãos Presbiterianos.

Acredito que em certas ocasiões o católico Santo Agostinho daria uma explicação melhor ao que foi postado neste artigo: “ Nas coisa essenciais tenhamos unidade, nas não essenciais compreensão e em todas as coisas - amor”.

Pr. Luciano de Carvalho Lirio - RJ disse...

Agradeço a Deus por ter sido criado numa Assembléia de Deus e ter realizado a minha formação teológica numa igreja congregacional. Hoje sou mestrado numa faculdade luterana e conheço bem a realidade dos pentecostais históricos e dos pentecostais clássicos. Está na hora de nos unirmos contra as heresias da teologia da prosperidade, pregando a teologia da cruz defendida por Lutero.A reforma é o local de todos os protestantes, há espaço para pentecostais e históricos.Um abraço fraternal em todos.

Pr. Luciano de Carvalho Lirio - RJ disse...

Sou carioca e estou morando no Rio Grande do Sul. Vocês sabiam que aqui tem cidade sem igreja evangélica nenhuma. Querem proclamar a fé reformada? Mostro a vocês cidades sem nada de evangelho. Tupandi, Harmonia. Procura no Google.

Noemi disse...

VISITANDOLES NUEVAMENTE DESDE EL SALVADOR CENTROAMERICA, DESDE MI BLOG www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
RECIBAN MUCHISIMAS BENDICIONES

Wander disse...

Olá a todos!

Sou pastor auxiliar de uma Comunidade Assembleia de Deus que bem revendo sua teologia e missão. A situação é complicadíssima à medida que a AD importa o neopentecostalismo. Existem sim, erros doutrinários que necessitam ser corrigidos. Nos desligamos da Convenção Geral das AD's, devido suas práticas políticas. O "culto à personalidade" é outro grave problema. Mas certamente existem pessoas honestas nestes locais.
Hoje sou particularmente Reformado, adotando os cinco pontos principais da TULIP, mas respeitando outras tendências teológicas.
Paz e bem!

domingo, 26 de junho de 2011

100 anos da Assembléia de Deus no Brasil

Biblicamente não creio nem estou convencido que o culto cristão genuíno seja pentecostal. Se os 100 anos da Igreja Assembléia de Deus (AD) devem ser parabenizados, certamente tal denominação deverá ser parabenizada por seus feitos sociais polinizadores e ações sociais em geral, mas a bandeira do pentecostalismo em seu cerne é uma coletânea de erros doutrinários. A começar pela ênfase em supostos dons espiritual fundamentados em experiências. Sem falar do legalismo de uso e costumes. Tais coisas estranhas não honram o equilíbrio da sã doutrina.

Apesar de algumas mudanças positivas hoje, como por exemplo, uma maior preocupação da linha editorial de sua casa publicadora, as Assembléias de Deus, na prática, ainda são inventoras ativas de novas tradições humanas, em nome de uma “espiritualidade” e “unção”, e todo movimento contrário é taxado de frio e não-espiritual.

Muitas dessas igrejas não sobrevivem sem aquecer a lareira das pregações e cânticos triunfalistas. Nos cultos, há muito holofote para cantores, teatros, corais, testemunhos pessoais, profecias particulares e honras floridas às personalidades e autoridades presentes. Ou seja, princípio regulador de culto é algo desprezado e desconhecido.

A produção musical é pobre de doutrina apostólica e demasiadamente antropocêntrica. E muitos chamam tais movimentos de avivamentos e bênçãos. Pastores “intocáveis e ungidos” determinam o que é verdade e se blindam num tipo de imunidade em nome de Deus.

É certo que muitos irmãos dentro da AD estão inconformados com certos moveres anti-bíblicos, e estes merecem honra pelo esforço e batalha. Tais irmãos, que ao serem zelosos em erguer a bandeira da herança reformada, são perseguidos e classificados de hereges pelas lideranças da denominação, continuam inconformistas e realmente estão plantando uma semente de um novo mover de Deus genuíno.

15 comentários:

Nuno Pinheiro disse...

Óptimo texto e suscinto! Bravo!

o tempo e a igreja "reflexões Reformadas" disse...

Vivi nesse meio por mais de dez anos, se fosse para resumir os cem anos da Assembléia de Deus. Tudo se resumi em uma palavra;

NADA!

Isso mesmo,cem anos de nada. São um século de invenções e maluquices,usando o nome que é acima de todo o nome.

Parabéns pelo blog, paz e graça!

Anónimo disse...

Sou pastor presbiteriano. Reformado. Convencido da sã doutrina e do erro doutrinário que há em certas denominações ora citadas. Claro que admito erros doutrinários e muitas vezes ensino, em aula de doutrina a são doutrina. Mas 100 anos, à vista de Gamaliel, creio que seriam vistos com olhos diferentes dos nossos, quase que beirando apoio. Aqui tem um posto que diz ter passado anos no vazio... se os anos no vazio foram vividos, agradeça a Deus e não cuspa no prato, pois mais insensato serei eu por passar anos em um lugar tendo a Bíblia na mão do que condenar 100 anos de história. Tem gente que teremos que engolir no céu, e que estão e estarão a vida toda na AD, inclusive falando as suspostas línguas... porque, como você que não lia a Bíblia ou que não tinha o ES, porque quem convence do pecado é ELE... então tem gente honesta, crente e fiel a Deus ali... bem...um pouco sobre doutrina... todos compareceremos ao tribunal, prestaremos contas de tudo o que fizemos e pregamos. Tem muita gente que veio a Cristo por esta pregação em ruas, praças, bairro miseráveis... que infelizmente, eu não faço, você não faz... então, embora seja uma doutrina estranha no meio de tanta Palavra que muitas vezes é lida... diria... se são de Deus...deixa eles... que ficarão... se não, eles mesmos fecharão pela GRAÇA de Deus. Gamaliel disse isso quando do novo CAMINHO. Padre Antonio Vieira, ao medo do reformismo chegado à terra brasilis, disse que os hereges calvinistas deveriam ser combatidos... e olha... somamos 152 anos... se não, quase 500 anos... pensando nos huguenotes que aqui aportaram. Então, preguemos a são doutrina. Oremos para surjem em nosso meio gente como eles, que nã dependem de status de doutros e etc para levar a boa nova. Tiremos as traves de nossos olhos para ver no iremos terminar... pois podemos ter a melhor doutrina e sistema de governo, mas estamos sofrendo... e pense bem no porque... depois, se quiser, tire suas conclusões... há muitos da AD que migraram para a reforma... ore por eles, mas não faça de você um ente melhor que eles... fale sim dos TJs, dos Mormons, e de outra seitas... isso sim deve sr ensinado... ensine a Verdade... e se porventura encontrar um irmãozinho do sítio, que é da AD, dê-lhe a paz do Senhor e se Deus abrir a porta, não arrote teologia, mas diga a Ele que Deus o ama, e que Jesus, só Jesus morreu por ele. E que você pode orientá-lo, com amor, naquilo que a Palavra diz... de resto... ore por nós, pecadores, pois no abrir de nossa boca, devemos falar tão somente do Cristo que vive. Abraços, de uma pessoa que não é pentecostal não é da AD, não é senão um pecador que foi atingido pela Graça. Carlos

Nágila Souza disse...

A gente fala do que conhece, eu sou da Assembléia de Deus e até hoje onde congrego não refutamos o ensinamento da biblia e desde o ministério todos buscam analisar o que nos é servido em todos os cultos, vidas tem sido Salvas através deste ministério, é claro que a placa não salva ninguem, mas tudo que eu faço é com respaldo biblico, admiro o anônimo que soube separar bem as coisas aqui, devemos vigiar para que quando Jesus voltar irmos junto com Ele, cada um dará conta de si próprio a biblia é a única regra de fé a ser seguida, as demais é invencionice.
Graça e Paz

Madson disse...

Ao reverendo aí de cima (anonimo). saiba que o Manual com jurisprudência da IPB diz. na nota de rodapé comentando sobre os pentecostais e chamam de Seitas. e qual o problema com tal afirmação. será que o tempo ou a quantidade de membros do movimento pentecostal tiraria a sua identidade doutrinária herética. e não cuspir no prato que comeu é o pior argumento que vejo pois, eu cuspo na minha vida antes da conversão. parabéns pelo post e pelas verdades expressas. e vergonha para esse pastor que não conhece a fé reformada

Glivson Gomes disse...

È isso mesmo, o tempo que passar dentro desta seita não vai lhe servi em nada . Pois se a palavra de Deus nos diz que não existe mais profetas, Mateus 11.13 e dentro dela continua , se línguas (idioma) dizem que linguas estranhas ou dos anjos , se existe apóstolo e Paulo fala em coríntios 15, que ele foi o último apóstolo fora de tempo. Essa seita da mais pra ser uma casa de atores comediantes do que uma igreja de Deus . Voçês que fazem parte só irão sair dela quando AMAR a DEUS sobre todas as coisas.

donizette.oliver disse...

Eu creio que é preciso conhecer a fundo sobre uma matéria, antes de tecer qualquer comentário. Nasci na Igreja Assembléia de Deus. Hoje congrego numa independente; Muito Cuidado, por que trata-se da Noiva de Cristo.

Anónimo disse...

Onde tem coca-cola e correios tem uma Assembléia de Deus, critiquem, invejem, morram de ciumes pobres tradicionais, o único fruto visto hoje no meio reformado que considero um erro da palavra o certo seria "deformados", o fruto seria o da inveja, pois se os reformados estivessem com a real doutrina teriam impactado o mundo como fez Paulo na Asia, vcs tem que falar dos dons espirituais pois vcs não os tem, por serem figueiras estereis, só tem folhas, e nada de frutos, vão procurar nascer de novo para entender o funcionamento do reino de Deus, vcs são os da letra por isso estão mortos como Sardes estava, e quando se referirem aos pentecostais é melhor lavar a boca pois não estamos ordenando gays a pastores como os reformados Presbiterianos e Luteranos andam fazendo, agora vão meditar numa resposta filosófica pois é apenas isso que vcs tem filosofia e nada mais!

Délio Santos

Jonas disse...

Prezados Irmãos...

Também sou membro de uma AD, e concordo com o Autor do Post... A AD está deixando a Teologia Neopentecostal ivandir seus cultos a passos largos;

- os sadios hinos da harpa Cristã estão ficando de lado, ou sendo cantado por pessoas amargas de cara fechada que a igreja não guenta nem ouvir por politicagem da liderança.

- É campanha de casa, apartamento, libertação financeira e ai vai.

- É captação de oferta para levantar um templo atrás do outro, sempre se medindo por numeros...

- Vigilias e campanhas de santificação pessoal como jejum ou oração, ninguem fala mais.

- As pregações são só com foco no que Jesus pode mudar na vida terrena e não na remissão de pecados e seu sacrificio por nós....

- Os apelos estão cada vez mais forçando a barra... dentro do que Jesus te dá e não no que ele é.

- Os cultos de Vitória são iguais os de denominações Neopentecostais... 10 minutos de pregação 1 hora de louvor, e o resto de testemunhos de coisas ou dinheiro...

- A politica está cada vez mais se misturando nas cadeiras de Presbiteros e Pastores... Toda solenadas se exaulta mais a homens que a Deus...

- Os cultos de domingo parecem mais um clube social para um crente mostrar ao outro seu carro, ou as irmãs desfilarem com o vestido mais bonito. Andando para lá e cá o tempo todo.

- Escola dominical e Discipulado... sem comentários... segue a mesma tendência.


Não estou "cospindo no meu prato" mas estas práticas não estão na biblia que levamos em nossas mãos...A bíblia jamais coloca "eu" na primeira pessoa. Sou do tempo daquelas pessoas pobres que amavam a Jesus com todas as suas forças e mesmo na sua humildade tentavam fazer o melhor; buscando santificação, vivendo em comunidade, amando uns aos outros..

O Senhor tem tocado eu e vários jovens, e estamos dia a dia nos alimentando mais da sã doutrina reformada e temos levado a pastores e líderes a discordância destas práticas não biblicas. Somos perseguidos, tratados como radicais pelos irmãos... mas não vamos nos calar na distorção do evangelho de Cristo.

Que os tradicionais, me perdoem, com muito amor, mas deixaram esta sã doutrina criar pó em suas prateleiras....

Que toda a igreja brasileira possa sofrer um abalo em suas estruturas pelo Santo Deus e voltarmos as escrituras enquanto é tempo....

Que o Senhor Deus tenha misericórdia de nós pecadores!!!

Jorge Luis disse...

Bom dia, quero lhe indicar um blog com documentação de patrologia, em português.

http://patristicabrasil.blogspot.com/

Junto a mesmo tem outros blog que podem interessar.

Deus te abençoe

Dynamus disse...

Cerca de 10 anos atrás fui chamado pelo Senhor Jesus Cristo para ser seu servo, interessante que a igreja que ele me direcionou a cooperar foi a Assembléia de Deus, na época eu me considerava um jovem totalmente perdido e distante de Deus. Acredito que as instituições são falhas, por este fato me apego na palavra de Deus, como Martinho Lutero defendia sua consciência a palavra.


Augustus Nicodemos uma vez disse: Todo crente de joelhos seria um calvinista e em pe um arminiano, que coisa interessante.....

Continuo sendo um membro da AD, sem desprezar o que esta família me fez e estudo na Mackenzie com muita honra e tenho um carinho enorme pelos irmãos Presbiterianos.

Acredito que em certas ocasiões o católico Santo Agostinho daria uma explicação melhor ao que foi postado neste artigo: “ Nas coisa essenciais tenhamos unidade, nas não essenciais compreensão e em todas as coisas - amor”.

Pr. Luciano de Carvalho Lirio - RJ disse...

Agradeço a Deus por ter sido criado numa Assembléia de Deus e ter realizado a minha formação teológica numa igreja congregacional. Hoje sou mestrado numa faculdade luterana e conheço bem a realidade dos pentecostais históricos e dos pentecostais clássicos. Está na hora de nos unirmos contra as heresias da teologia da prosperidade, pregando a teologia da cruz defendida por Lutero.A reforma é o local de todos os protestantes, há espaço para pentecostais e históricos.Um abraço fraternal em todos.

Pr. Luciano de Carvalho Lirio - RJ disse...

Sou carioca e estou morando no Rio Grande do Sul. Vocês sabiam que aqui tem cidade sem igreja evangélica nenhuma. Querem proclamar a fé reformada? Mostro a vocês cidades sem nada de evangelho. Tupandi, Harmonia. Procura no Google.

Noemi disse...

VISITANDOLES NUEVAMENTE DESDE EL SALVADOR CENTROAMERICA, DESDE MI BLOG www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
RECIBAN MUCHISIMAS BENDICIONES

Wander disse...

Olá a todos!

Sou pastor auxiliar de uma Comunidade Assembleia de Deus que bem revendo sua teologia e missão. A situação é complicadíssima à medida que a AD importa o neopentecostalismo. Existem sim, erros doutrinários que necessitam ser corrigidos. Nos desligamos da Convenção Geral das AD's, devido suas práticas políticas. O "culto à personalidade" é outro grave problema. Mas certamente existem pessoas honestas nestes locais.
Hoje sou particularmente Reformado, adotando os cinco pontos principais da TULIP, mas respeitando outras tendências teológicas.
Paz e bem!